Terça-feira, 13 de Julho de 2010

(II) Capitulo IV

Akira acorda do desmaio passado uns dias depois da Mai e a Sora terem se ido embora, olha para o quarto do hospital e vê um quarto vazio.

 

Akira: Mas que raio! Onde é que eu estou? Onde é que está a Mai e a Sora?

 

O Kankurou entrou no quarto a Akira levanta-se da cama e começa a dar murros nele.

 

Kankurou: Calma! Akira não te podes mexer assim, acabas te de acordar, tiveste desmaiada durante 3 dias!

Akira: Mas eu conheço-te?

Kankurou: Akira sou eu o Kankurou, não te lembras de mim? Não me digas que perdeste a...

Akira: Cala-te! Mas onde é que está a coisita que tinhas no cabelo?

Kankurou: Não perdes-te a memória isso é óptimo!!

 

O Kankurou não deixou a Akira falar agarra nela e abraça-a.

 

Akira: Já me podes largar?

Kankurou: Não!

Akira: MAS TU ESTÁS TE A PASSAR?

 

O Kankurou acaba com o abraço e pega-a ao colo.

 

Akira: É QUE TU ESTÁS MESMO PASSADO!

 

O Kankurou pousa-a na cama e tapa-a.

 

Kankurou: Tu vais ficar aí socegada!

Akira: Mas tu agoras mandas em mim?

Kankurou: Eu só quero o melhor para ti! Não percebes Akira?

Akira: Mas eu estou optima!!

Kankurou: Akira deixa te de coisas! Por favor!

Akira: Fogo estás diferente o que aconteceu?

Kankurou: Nada! Dorme um bocado.

 

O Kankurou dirigiu-se para a porta, abriu-a.

 

Akira: Não me vais deixar sózinha? Pois não?

Kankurou: Tu percisas de descansar, e comigo aqui vais estar sempre a gritar.

Akira: Mas eu não consigo estar sozinha num hospital!!

 

A Akira levanta-se e corre até o Kankurou agarrando a mão dele.

 

Akira: Não me deixes sozinha!

 

O Kankurou tenta-se livrar da mão da Akira, ela larga-o mas abraça-o.

 

Kankurou: E falavas de mim.

Akira: Eu também estou passada! Bati com a cabeça! Pois dóe-me!

 

O Kankurou pega-a ao colo e volta a leva-la para a cama tapa-a e vira-se. A Akira agarra a mao dele antes de ele começar a andar para a porta.

 

Kankurou: Tu queres que eu fique contigo? Então deixa-me ir pedir uma cadeira para este quarto!

 

A Akira largou-o e sorrio. Passado um minuto o Kankurou aparece a porta do quarto com uma cadeira, pousa-a ao lado da cama onde estava a Akira e senta-se ai.

 

Kankurou: Agora é para descansares!

Akira: Pronto! E Obrigada!

 

O Kankurou sorri e fecha os olhos. Acabam os dois por adormecer até ao dia seguinte.

 

No dia seguinte a Akira acorda e vê que o Kankurou adormecera naquela cadeira. Levanta-se e tenta acorda-lo batendo nas suas bochechas mas não consegue, então enche um balde de água e despeja-o por cima do Kankurou.

 

Ele acorda sobressaltado, a pensar que a aldeia estava em perigo. Mas quando vê Akira as suas ideias mudaram.

 

Kankurou: Queres te divertir?

publicado por Calypso às 20:49
link do post | criticar | favorito
|
1 critica:
De Diiane a 13 de Julho de 2010 às 21:50
xD
Mais!

Comentar post

.Musica


MusicPlaylistView Profile
Create a MySpace Music Playlist at MixPod.com

.mais sobre mim

.pesquisar

 
I adopted a Naruto chibi! ^.^


.Agosto 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. The bitter taste of reven...

. Voltei/ Prólogo

. Capitulo 2 parte 4

. Capitulo 2 parte 3

. Capitulo 2 parte 2

. Capitulo 2 parte 1

. Capitulo 1 parte 2

. Capitulo 1 parte 1

. Nova fic

. Capitulo 16 (último)

.arquivos

. Agosto 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

blogs SAPO

.Histórias do Serum Maluco