Quinta-feira, 24 de Junho de 2010

Capitulo VII

No dia seguinte a Akira está toda estérica pela casa toda acordando todos. Começaram a tomar o pequeno almoço em casa.


Akira: Não sabem o que é que eu encontrei?

Sora: Diz lá o que encontraste.

Akira: Um gato bué fofo, vou ficar com ele!

 

A Akira foi a correr ao quarto buscar o gato, levou-o para a sala de jantar e posou-o em cima da mesa. Como não lhe apetecia ir buscar uma caneca para o gato à cozinha tirou a do Konkoru, sem ele notar. A Sora do nada começa a espirrar. O Shikamaru nota que ela tem alergia ao gato.

 

Shikamaru: Livra-te desse gato, não ves que lhe faz mal!

Sora: Não é preciso ela livrar-se do gato, vamos arranjar medicamentos para isto!

 

Foram ao hospital arranjar medicamento, no fim disso tudo foram todos treinar.

 

Chegou a hora de almoço e a Akira já estáva com fome por isso obrigou-os a ir comer ao restaurante da rapariga1. Almoçaram e conversaram, no meio da conversa a Mai fica farta e vai se embora falar com o Kasekage.

 

Quando chega a casa, vai ao escritório do kasekage e vê que ele está a falar com alguem, a Mai faz um esforço para preceber quem é e depois de tanto tentar descobriu que era o Gaara.

 

Kasekage: O que achas do desempenho das ninjas da aldeia da folha?

Gaara: A Sora tem que ir ao hospital demasiadas vezes, mas é uma boa ninja; A Akira não parece levar a missão a sério embora o estilo de combate seja bastante bom e a Mai é muito intrigante e a maneira como ela consegue lutar com a mão assim é fascinante.

 

A Mai decide bater à porta.

 

Kasekage: Entre!

Mai: Desculpe interromper.

Kasekage: O que a traz aqui?

Mai: Queria saber quanto tempo é que vamos ficar aqui?

Kasekage: Não sei mas não deve ser muito tempo, vocês também tem outras missões da aldeia da folha. Mas porque é que veio perguntar isso?

Mai: Porque a Akira está farta desta missão e se quer que lhe diga também eu!

 

No restaurante a Sora e o Shikamaru estavam a conversar e a Akira estava a fazer de vela, mas como ela não gosta de ser isso, foi à procura da Mai. Enquanto a Akira estava à procura da Mai viu a rapariga 1 toda partida e ficou toda contente por ver os danos que ela causara. A Akira conseguiu encontrar a Mai a sair de casa e então voltaram para o restaurante, mas quando lá voltaram encontraram a Sora e o Shikamaru a curtirem. A Akira ao ver aquilo ia quase fazendo um escando-lo mas foi impedida pela a Mai que a tirou do restaurante.

 

Akira: Já que não posso fazer incinuações, vem comigo comprar comida de gato!

 

A Mai acentiu e seguiu a Akira até à loja de animais, tiveram lá uma hora a ver de comida de gato. Depois da compra foram para casa e pelo caminho encontraram a Sora e o Shikamaru de mãos dadas.

 

Chegaram a casa, viram que o Kasekage já tinha posto a mesa.

 

Akira: Pode por outro lugar na mesa?

Kasekage: Claro!

 

O Kasekage lá pos outro lugar na mesa e a Akira foi buscar o gato e po-lo em cima da mesa no lugar que tinha pedido ao Kasekage para por.

 

Konkoru: O GATO NÃO É NENHUMA PESSOA PARA ESTAR NA MESA. ELE AINDA VAI ESTRAGAR A MESA E SUJA-LA!

Akira: O GATOÉ MAIS PARECIDO COM UMA PESSOA DO QUE TU O ÉS!

Konkoru: O GATO VAI ESTRAGAR TUDO!

Akira: O GATO É CIVILIZADO E FOFO!

 

Enquanto esta discução decorria o Shikamaru perguntava à Sora se ela queria ir dar uma volta, ela aceitou. O Kasekage foi tratar de algumas coisas. A Mai estava a dirigir-se para o seu quarto mas é impedida pela a areia da Gaara que lhe pergunta se quer ir conversar lá para fora. A Mai aceitava, então ela seguiu-o para o jardim e lá havia um banco, eles sentaram-se e ficaram a olhar para as estrelas calados.

 

Entretanto a Akira e o Konkoru ficaram sozinhos na sala a discutir, mas o Konkoru dá por isso que está sózinho com ela, então agarra-a e beija-a, no fim desse beijo a Akira começa a gritar com ele e dar lhe murros até ele ficar em sangue. Vai a correr para a casa de banho lavar-se toda.

 

No Jardim o Gaara e a Mai estão a olhar para as estrelas, mas são enterrompidos por uns ninjas.

 

Ninja1: O Kasekage quer falar contigo!

 

A Mai levanta-se e segue o Ninja para o escritório do Kasekage.

 

Mai: Mandou-me chamar?

Kasekage: Sim eu queria dizer que tu e os teus amigos já podem ir para casa, nós agora não estamos em perigo e vem para aqui alguns ninjas que protegeram-nos.

Mai: Já!! Mas eu pensei que iriamos ficar mais algum tempo!

Kasekage: Mas como disse está farta desta missão, eu não estou em perigo podem voltar!

 

A Mai sai do escritório do Kasekage e vai à procura da Akira, da Sora e do Shikamaru para lhes poder dizer as novidades.

 

No dia seguinte já estávam de partida, quando chegaram a aldeira as três raparigas foram pousar as coisas em casa (elas partilhavam uma casa) e foram passear pela a aldeia para matar saudades.

 

À noite já estavam tudo a dormir alguem entra pela janela do quarto da Mai, tenta-a acordar, quando ela acorda começa aos gritos, mas a pessoa tapa-lhe a boca.

 

Pessoa: Não queres acordar as tuas amigas pois não?

publicado por Calypso às 16:01
link do post | criticar | favorito
|
2 criticas:
De Jeanette ᵛᵛ a 24 de Junho de 2010 às 17:31
Lol
Discussãopor causa de um gato xD
Epah, adorei!
Mais, sim?
De Diiane a 24 de Junho de 2010 às 17:41
Gostei!
Bj

Comentar post

.Musica


MusicPlaylistView Profile
Create a MySpace Music Playlist at MixPod.com

.mais sobre mim

.pesquisar

 
I adopted a Naruto chibi! ^.^


.Agosto 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. The bitter taste of reven...

. Voltei/ Prólogo

. Capitulo 2 parte 4

. Capitulo 2 parte 3

. Capitulo 2 parte 2

. Capitulo 2 parte 1

. Capitulo 1 parte 2

. Capitulo 1 parte 1

. Nova fic

. Capitulo 16 (último)

.arquivos

. Agosto 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

blogs SAPO

.Histórias do Serum Maluco