Domingo, 27 de Junho de 2010

capitulo X

A Mai passa-se ao ver a rapariga a atirar-se ao Gaara, que até dá um murro à rapariga partindo o nariz dela outra vez. Já era tarde e a Sora e a Akira foram para o restaurante onde o Gaara e a Mai estavam. Ao ver a rapariga no chão ficam a olhar feitas parvas uma para a outra.

 

Sora: Que é que aconteceu aqui?

Mai: Aquela Pega atirou-se ao Gaara, e eu passei-me e dei-lhe um murro, não tenho culpa de ela ser frágil.

 

A Akira e a Sora voltaram a trocar olhares. No fim do jantar foram todos para casa dormir.

 

No dia seguinte todos acordam e vão tomar o pequeno almoço.

 

Gaara: Hoje quero passar o dia todo contigo Mai, quero te mostrar a aldeia.

Mai: Começamos por onde?

Gaara: Pelo pequeno almoço.

 

A meio da tarde uma pomba de entregas veio entregar uma carta à Sora.

 

Akira: De quem é?

Sora: É do meu querido Shikamaru!

Akira: Qual é o conteúdo?

Sora: Espera, deixa-me ler!

Akira: Eu posso ler contigo.

Sora: Não !!!!

Akira: Porquê?

Sora: Porque eu não quero.

 

A Sora começou a ler, sem deixar a Akira apróximar-se da carta.

 

O Gaara levou a Mai à academia ninja.

 

Gaara: Ajudas-me a fazer uma apresentação de luta para os miúdos verem?

Mai: Claro!

 

A Akira estava amuada por não puder ver a carta.

 

Konkoru: Vem dar um passeio comigo.

Akira: Pode ser.

 

O passeio de Akira foi muito divertido, nem ela pensava que um passeio com o Konkoru pudesse ser divertido, ele não fazia insinuações, só dizia piadas.

 

À hora do jantar, a Akira volta a por o gato em cima da mesa, mas desta vez o Konkoru não se importou, ele até bricou com o gato.

 

No dia seguinte o Gaara tinha uma reunião por isso a Mai ficou com as amigas.

 

Akira: Sabias que a Sora ontem recebeu uma carta do Shikamaru?

Mai: Não. Mas o que dizia Sora??

 

A Sora tira dum bolso da saia e dá a a Mai, a Mai lê a carta e fica com um sorriso na cara.

 

Akira: Então a ela deixas ler e a mim não? Que excelente amiga que tu és!

Sora: Mas tem coisas impróprias para a tua pessoa.

Akira: ISTO É TÃO INJUSTO!!!!

 

A Akira gritou tão alto que o Kasekage e os membros da reunião foram ver o que passava.

 

Gaara: Que se passa?

Mai: É a Akira que está a fazer uma fita.

Akira: UMA FITA??? TENHO TODOS OS DIREITOS PARA ESTAR ZANGADA!!!

Kasekage: Akira vai lá para fora até acabar a reunião, por favor.

 

A Akira vai lá para fora e assim a reunião continua, a Sora e a Mai vão atraz da Akira.

 

Akira: Já me deixam ler a carta?

 

A Sora atira a carta para as mãos da Akira, ela começa a ler.

 

Akira: Fogo!! Que raio de carta é esta eu estava à espera de melhor!

Sora: E isso é óptimo, ele está com saudades minhas.

 

A reunião acaba e então elas entram para irem almoçar. A meio do almoço o Gaara levanta-se.

 

Gaara: Kasekage eu e a Mai estamos a namorar!

Konkoru: O QUÊ E TU NÃO ME DISSESTE??

Kasekage: Estou muito feliz por vocês os dois.

Akira: Tu não sabias Konkoru, já toda a gente sabia, pronto menos o Kasekage.

 

No fim do almoço o Gaara e a Mai vão ver um filme ao cinema, a Sora vai pedir uma pomba para responder à carta do Shikamaru e a Akira vai para o telhado.

 

Konkoru: Desculpa!

Akira: Porque?

Konkoru: Por te ter beijado e ter contado à Temari, ao Gaara e ao Kasekage!

Akira: O que? Tu contas te à Temari e ao Kasekage também, não acredito, estou morta!!

 

A Akira tenta acalmar-se e quando consegue começa a dizer:

 

Akira: Eu só te desculpo se me pagares ramen!

 

O Konkoru começa a dexer as escadas e a Akira fica confusa.

 

Akira: Onde vais?


publicado por Calypso às 10:41
link do post | criticar | ver criticas (2) | favorito
|
Sábado, 26 de Junho de 2010

Capitulo IX

No dia a seguir ao anterior a Akira acorda e vai tomar o pequeno almoço.

 

Akira: NÓS TEMOS UMA REGRA, LEMBRAS-TE MAI?

Mai: Lembro-me mas quando cheguei a casa ontem vocês já estavam a dormir.

Akira: MAS NA MESMA, ACORDAVAS-ME!!!!

Gaara: Que regra é essa?

Mai: Temos que avisar uma às outras quando trazemos rapazes para dormir cá!

 

A seguir ao pequeno os 4 decidem ir dar uma volta pela a aldeia, mas o Gaara e a Mai separam-se da Sora e da Akira e vão para o bosque e a Sora quer ir ter com o Shikamaru então a Akira fica abandonada mais uma vez e como não tem nada para fazer vai comer ramen. Pelo caminho encontra um cãozinho a ladrar.

 

Akira: Perdeste-te do Kibba, Akamaru, vem comer ramen comigo!

 

No passeio que a Sora estava a ter com o Shikamaru estava tudo tão calmo, até a própria Sora.

 

Shikamaru: Que se passa contigo?

Sora: Estou preocupada com a Mai por causa de namorar com o Gaara, ainda não me esqueci o que aquele bruto fez!

Shikamaru: Ele mudou, e tu sabes disso.

Sora: Mas eu não percebo como é que ela iria apaixonar-se por um estupido como ele, ainda por cima ele magou-a e muito.

Shikamaru: Esse assunto não te diz respeito, só diz respeito a ela, amor.

Sora: Continuo a odiar o Gaara.

 

No passeio do Gaara e a Mai eles estavam a falar do regresso dele à sua aldeia.

 

Mai: Quando tu voltares eu vou contigo, aproveito e vou de férias!

Gaara: Não é preciso, tu queres ficar com as tuas amigas e deves ter missoes.

Mai: Mas eu não aguento passar mais nenhum segundo sem ti!

 

Ele sorriu e abraçou-a com muito carinho.

 

Há noite foram todos ver um filme.

 

Akira: Vamos ver the orphan!!

Sora: Mas esse filme é de terror!

Akira: E isso é que tem piada

 

No dia seguinte a Akira acorda e vai tomar o pequeno almoço como sempre fizera.

 

Akira: TU NÃO TE LEMBRAS DA REGRA SORA???

Sora: Lembro-me, mas estava demasiado cansada para te avisar

Akira: MAS DEVIAS, EU NÃO VOS FAÇO ISSO!!!!

Sora: Isso é porque nunca tiveste nenhum namorado antes!

Akira: ISSO É INTEIRAMENTE UMA MENTIRA!

Sora: AI É?

Akira: SIM É!

Mai: Mas o que se passa aqui?

Shikamaru: Isso queria saber eu!

Mai: Lá começou a Akira com aquela regra de avisar quando trazemos rapazes para cá dormirem, MAS VOCES QUEREM SE CALAR, VOCES ACORDARAM ME.

 

Ao ouvirem este berro calaram-se as duas, e a casa ficou em silêncio, mas passado um minuto recomeçou a discoção.

 

Mai: Não vai dar para contar uma noticia.

Shikamaru: Eu trato disso, CALEM-SE

 

Calaram-se e começaram a olhar para o Shikamaru e para a Mai.

 

Mai: Tenho que vos contar algo...

Akira: Diz! Diz! Diz!

Mai: O Gaara vai hoje para a aldeia da areia, e eu vou com ele!

Akira: Nós vamos contigo!!

Mai: Não é preciso!

Sora: Nós queremos.

Mai: Tu estás disposta a deixar o Shikamaru durante três dias, e tu estás disposta a aturar o Konkoru durante três dias?

Sora e Akira: Sim

Mai: Ok

 

Então começaram a viagem até a aldeia da areia que demorou cerca de 2 horas quando chegaram foram posar as coisa nos quartos e encontraram-se com o Kasekage.

 

Kasekage: O que estao aqui a fazer?

Akira: VIEMOS DE FÈRIAS!!!

 

O Konkoru que estava a passar pela sala ouvia a voz de Akira a dizer férias por isso decidiu entrar.

 

Konkoru: Sentiste a minha falta?

 

Todos começaram-se a rir menos Akira que ficou enojada por voltar a estar perto dele.

 

O Gaara foi falar com o Kasekage sobre coisas da aldeia e as três raparigas foram ao restaurante da rapariga 1. No fim do Jantar o Gaara chega lá e senta-se, a Akira e a Sora foram para casa para os deixarem sozinhos.

 

O Gaara e a Mai começaram a conversar e a rapariga 1 vai ter com eles e senta-se ao colo do Gaara, pois a rapariga pensava que o Gaara era igual ao irmão Konkoru e se tivesse algo com o Gaara seria melhor para a sua reputação.

publicado por Calypso às 10:40
link do post | criticar | ver criticas (1) | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Junho de 2010

Capitulo VIII

Mai: O que estás aqui a fazer?

Pessoa: Vem dar um passeio comigo, por favor!

 

A Mai aceitou. Foram dar uma volta pelo o bosque e aí falaram de tudo e mais alguma coisa. A meio de uma conversa ele pára.

 

Pessoa: Afinal não és assim tão calada!

 

A Mai não respondeu.

 

Pessoa: Deixa-me ver a tua mão.

 

A Mai estendeu a mão para ele, ele começa-lhe a tirar as ligaduras, mas a meio abraça-a, eles ficaram os dois em silêncio, muito próximos. Quando a Mai dá por isso, já está envolvida num beijo.

 

No dia seguinte a Sora e a Akira acordam e vão tomar o pequeno almoço, quando chegam à cozinha reparam que a Mai está anormalmente feliz, elas à alguns tempos não a viam feliz.

 

Akira: Que aconteceu?

Mai: Nada

Sora: Então porque é que estás felississima?

Mai: Agora não se pode estar feliz?

 

Nesse momento alguem bate à porta, a Akira vai abrir e o Gaara entra, a Akira e a Sora ficam a olhar feitas prevas para ele.

 

Akira: O que é que estás aqui a fazer?

 

O gaara ignora-as.

 

Gaara: Dormiste bem?

 

Então a Sora e Akira perceberam o motivo da felicidade da Mai.

 

Sora: Ai que romantico!

Akira: Aposto que ela andou a fazer coisas impróprias com ele!

 

Voltam a bater à porta, a Akira abre, mas nesta vez era o Shikamaru.

 

Sora: Já estou pronta para o pequeno almoço!

Shikamaru: Então vamos.

 

Eles saem de casa e a Akira fica a fazer de vela.

 

Akira: O atrasado do teu irmão também veio?

Gaara: Tu gostas dele?

 

A Mai ao ouvir tais palavras desata-se a rir. A Akira ao ouvir aquelas palavras lembra-se daquele beijo horrivel.

 

Akira: O atrasado do teu irmão veio ou não?

Gaara: E se eu disse-se sim?

Akira: Ou não ele veio estou morta! Mas fogo ele veio ou não?

Gaara: Não, não veio, mas porque? Tu gostas dele ou coisa assim?

Akira: Claro que não! Obvio que não!

Gaara: O Konkoru disse-me que ele tinha beijado a Akira.

 

A Mai desatou-se outra vez a rir. A Akira que ainda estava perto e ouve aquilo aproxima-se.

 

Akira: NÃO ACREDITO QUE AQUELE ATRASADO ANDOU A ESPALHAR ISSO!!!!

Mai: Mas isso é verdade, Akira eu nunca pensei...

Akira: Ele é que me beijou, e depois daquela nojice dei-lhe um excerto de porrada! Diz ao teu irmão que ele é detestável!!

 

Dito isto a Akira sai de casa demasiado zangada, encontra-se com o Naruto e decidem ir comer Ramen.

 

A Mai e o Gaara ficaram sozinhos em casa delas.

 

Mai: Quanto tempo é que vais ficar cá?

Gaara: Vou ficar uns dias, mas não te preocupes eu volto quando passar alguns dias lá na minha aldeia.

Mai: Eu vou contigo para a aldeia da areia!

 

Entretanto a Akira e o Naruto estão a comer ramen e são interrompidos pela Sakura.

 

Sakura: Não sabem o que é que eu acabei de ver.

Naruto: O que foi???

Sakura: A Sora e o Shikamaru a curtirem ao pé do hospital!!!

Akira: Isso é normal eles andam, não sabias? Estás mesmo atrasada socialmente!

 

A Sakura vai se embora furiosa enquanto a Akira fica toda contente e pede mais comida. A Ino que estava de passada nota que a Akira está lá dentro e entra começando a dizer a mesma coisa que a Sakura, ela recebe a mesma resposta e também vai se embora toda furiosa.

 

Naruto: Achas que tenho hipóteses com a Hinata?

Akira: Claro!! Ela gosta de ti há um montes de tempo!!

Naruto: Ela gosta de mim??

Akira: Duh!! Porque é que achas que ela fica vermelha sempre que está ao pé de ti?

Naruto: Eu sempre pensei que ela estivesse doente ou assim.

Akira: Fogo!! És mais burro do que pareces!

Naruto: Eu não sou burro!!

Akira: Ya ya... Vai mas é falar com ela e deixa me em paz!

 

À frente do hospital o Shikamaru e a Sora estavam a curtir, mas são interrompidos pelo o Sasuke.

 

Sasuke: Onde é que está a Sora e a Akira?

Sora: Eu acho que elas estão em casa. Para que?

Sasuke: Preciso de lhes perguntar algumas coisas sobre o Gaara.

 

Dito isso começou a correr até casa delas. Bateu à porta e a Mai abriu.

 

Mai: Que queres?

Sasuke: Queria perguntar-te algumas coisas.

Mai: Que é?

Sasuke: Tu que estiveste na mesma casa que o Gaara, deves ter falado com ele sabes me dizer de que é que ele gosta, para eu as poder destruir.

Mai: Ele gosta de mim!

 

O Sasuke fica a olhar para ela com cara de parvo, só depois é que tem coragem de dizer:

 

Sasuke: Esás a mentir!

Mai: Pergunta-lhe!!

 

O Gaara põe-se atrás da Mai e fica a olhar para o Sasuke, este faz um escandalo quando o vê. A Mai que não o aguentava começa-lhe a dar murros até o deixar incoxiente. Fcham a porta e deixam o sasuke no lado de fora de casa desmaiado. A Akira que estava a chegar a casa vê o Sasuke desmaiado no chão, tenta-o acordar, com resultado pois ele acorda, A Akira ao ver que ele estava cheio de galos começa-se a rir e entra dentro de casa.

 

É hora de jantar e decidem ir jantar a um restaurante.

 

publicado por Calypso às 17:36
link do post | criticar | ver criticas (1) | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Junho de 2010

Capitulo VII

No dia seguinte a Akira está toda estérica pela casa toda acordando todos. Começaram a tomar o pequeno almoço em casa.


Akira: Não sabem o que é que eu encontrei?

Sora: Diz lá o que encontraste.

Akira: Um gato bué fofo, vou ficar com ele!

 

A Akira foi a correr ao quarto buscar o gato, levou-o para a sala de jantar e posou-o em cima da mesa. Como não lhe apetecia ir buscar uma caneca para o gato à cozinha tirou a do Konkoru, sem ele notar. A Sora do nada começa a espirrar. O Shikamaru nota que ela tem alergia ao gato.

 

Shikamaru: Livra-te desse gato, não ves que lhe faz mal!

Sora: Não é preciso ela livrar-se do gato, vamos arranjar medicamentos para isto!

 

Foram ao hospital arranjar medicamento, no fim disso tudo foram todos treinar.

 

Chegou a hora de almoço e a Akira já estáva com fome por isso obrigou-os a ir comer ao restaurante da rapariga1. Almoçaram e conversaram, no meio da conversa a Mai fica farta e vai se embora falar com o Kasekage.

 

Quando chega a casa, vai ao escritório do kasekage e vê que ele está a falar com alguem, a Mai faz um esforço para preceber quem é e depois de tanto tentar descobriu que era o Gaara.

 

Kasekage: O que achas do desempenho das ninjas da aldeia da folha?

Gaara: A Sora tem que ir ao hospital demasiadas vezes, mas é uma boa ninja; A Akira não parece levar a missão a sério embora o estilo de combate seja bastante bom e a Mai é muito intrigante e a maneira como ela consegue lutar com a mão assim é fascinante.

 

A Mai decide bater à porta.

 

Kasekage: Entre!

Mai: Desculpe interromper.

Kasekage: O que a traz aqui?

Mai: Queria saber quanto tempo é que vamos ficar aqui?

Kasekage: Não sei mas não deve ser muito tempo, vocês também tem outras missões da aldeia da folha. Mas porque é que veio perguntar isso?

Mai: Porque a Akira está farta desta missão e se quer que lhe diga também eu!

 

No restaurante a Sora e o Shikamaru estavam a conversar e a Akira estava a fazer de vela, mas como ela não gosta de ser isso, foi à procura da Mai. Enquanto a Akira estava à procura da Mai viu a rapariga 1 toda partida e ficou toda contente por ver os danos que ela causara. A Akira conseguiu encontrar a Mai a sair de casa e então voltaram para o restaurante, mas quando lá voltaram encontraram a Sora e o Shikamaru a curtirem. A Akira ao ver aquilo ia quase fazendo um escando-lo mas foi impedida pela a Mai que a tirou do restaurante.

 

Akira: Já que não posso fazer incinuações, vem comigo comprar comida de gato!

 

A Mai acentiu e seguiu a Akira até à loja de animais, tiveram lá uma hora a ver de comida de gato. Depois da compra foram para casa e pelo caminho encontraram a Sora e o Shikamaru de mãos dadas.

 

Chegaram a casa, viram que o Kasekage já tinha posto a mesa.

 

Akira: Pode por outro lugar na mesa?

Kasekage: Claro!

 

O Kasekage lá pos outro lugar na mesa e a Akira foi buscar o gato e po-lo em cima da mesa no lugar que tinha pedido ao Kasekage para por.

 

Konkoru: O GATO NÃO É NENHUMA PESSOA PARA ESTAR NA MESA. ELE AINDA VAI ESTRAGAR A MESA E SUJA-LA!

Akira: O GATOÉ MAIS PARECIDO COM UMA PESSOA DO QUE TU O ÉS!

Konkoru: O GATO VAI ESTRAGAR TUDO!

Akira: O GATO É CIVILIZADO E FOFO!

 

Enquanto esta discução decorria o Shikamaru perguntava à Sora se ela queria ir dar uma volta, ela aceitou. O Kasekage foi tratar de algumas coisas. A Mai estava a dirigir-se para o seu quarto mas é impedida pela a areia da Gaara que lhe pergunta se quer ir conversar lá para fora. A Mai aceitava, então ela seguiu-o para o jardim e lá havia um banco, eles sentaram-se e ficaram a olhar para as estrelas calados.

 

Entretanto a Akira e o Konkoru ficaram sozinhos na sala a discutir, mas o Konkoru dá por isso que está sózinho com ela, então agarra-a e beija-a, no fim desse beijo a Akira começa a gritar com ele e dar lhe murros até ele ficar em sangue. Vai a correr para a casa de banho lavar-se toda.

 

No Jardim o Gaara e a Mai estão a olhar para as estrelas, mas são enterrompidos por uns ninjas.

 

Ninja1: O Kasekage quer falar contigo!

 

A Mai levanta-se e segue o Ninja para o escritório do Kasekage.

 

Mai: Mandou-me chamar?

Kasekage: Sim eu queria dizer que tu e os teus amigos já podem ir para casa, nós agora não estamos em perigo e vem para aqui alguns ninjas que protegeram-nos.

Mai: Já!! Mas eu pensei que iriamos ficar mais algum tempo!

Kasekage: Mas como disse está farta desta missão, eu não estou em perigo podem voltar!

 

A Mai sai do escritório do Kasekage e vai à procura da Akira, da Sora e do Shikamaru para lhes poder dizer as novidades.

 

No dia seguinte já estávam de partida, quando chegaram a aldeira as três raparigas foram pousar as coisas em casa (elas partilhavam uma casa) e foram passear pela a aldeia para matar saudades.

 

À noite já estavam tudo a dormir alguem entra pela janela do quarto da Mai, tenta-a acordar, quando ela acorda começa aos gritos, mas a pessoa tapa-lhe a boca.

 

Pessoa: Não queres acordar as tuas amigas pois não?

publicado por Calypso às 16:01
link do post | criticar | ver criticas (2) | favorito
|

Musica nova

Gostam da música que eu pus no blog

 

é nova!!!

 

bjs

 

ps: tem de esperar algum tempo pelo capitulo (minutos pode ate chegar a 1 hora)

publicado por Calypso às 15:59
link do post | criticar | ver criticas (3) | favorito
|
Quarta-feira, 23 de Junho de 2010

Mini fic II

já tenho titulo que é:

 

sand attack

 

 

agora vou vos mostras as personagens mas em imagens:


1 Sora


 

2 Akira

 

 

3 Mai

 

 

4 Shikamaru

 

 

5 Gaara

 

 

6 Konkoru

 

 

7 Naruto

 

 

8 Kibba

 

 

9 Hinata

 

 

10 Sakura

 

 

11 Sasuke

 

 

12 Orochimaru

 

 

13 Kabuto

 

 

14 Tenten

 

 

15 Temari

 

 

16 Neji

 

 

 

 

pronto já está tudo apresentado espero continuar a ganhar fãs

 

bjs

publicado por Calypso às 19:55
link do post | criticar | ver criticas (5) | favorito
|

Capitulo VI

No telhado encontrava o Konkoru a curtir com uma rapariga qualquer.


Akira: QUE POUCA VERGONHA!!! VOCES NÃO TEM VERGONHA?????


Ouvindo os gritos de Akira o Konkoru pára o que estava a fazer, que era curtir com a rapariga.

 

Konkoru: O que é que estás aqui a fazer? Vai dar uma volta!

Akira: Que eu saiba este lugar é público!!

Rapariga1: O restaurante é do meu pai! E o telhado claro que não é público! Por isso vai dar uma volta Saloia.

 

O Konkoru ao ouvir isso pensou logo que iria haver confusão. E foi o que aconteceu, a Akira deu um murro no nariz à rapariga que até o partiu e a rapariga como perde o equilibrio cai do telhado.


Konkoru: Acabas-te de magoar a minha diversão por isso vais ser tu a divertir-me!

 

A Akira ao ouvir essas palavras espeta-lhe um murro.

 

Akira: Eu não sou nenhuma prostituta para andar aí a divertir pessoas.

 

Entretanto no restaurante a Sora e o Shikamaru estavam a falar sobre os exames chunnin.

 

Sora: Viste a luta do Neji contra a Hinata, ele é bué forte!

Shikamaru: Pois...

Sora: E a luta dele contra o Naruto, fogo!

Shikamaru: Pois...

 

O Shikamaru começava a pensar que a Sora gostava do Neji pois não se calava de falar dele, ele começou a perceber que estava com ciumes e que gostava mesmo da Sora.

 

Então entra a Akira e vê-os muitos juntos.

 

Akira: Eu sabia vocês gostam um do outro!

Sora: Vai te embora!

Akira: Porquê?

 

A Sora que queria ficar sozinha com o Shikamaru á um estalo à Akira e volta a manda-la embora.

 

Shikamaru: Gostas do Neji?

Sora: Sim! Vou para casa não me estou a sentir bem.

 

Entretanto a Akira foi à procura da Mai. Quando chegava ao campo de treinos encontrava o Gaara encostado a uma arvore e a Mai a treinar.

 

Akira: Eu sabia que gostavas dele!

 

O Gaara mandava a sua areia tapar a boca da Akira e ela começava a correr porque não queria ficar com areia na boca.

 

Mai: Obrigada!

 

O campo de treino voltava a ficar em silêncio.

 

A Sora tinha decedido ir para casa, mas pelo caminho via o Konkoru a curtir com uma miuda, ao ver aquilo ficou mal disposta e foi para o hospital.

 

Entretanto é hora de jantar. O Shikamaru fica desesperado porque não sabe da Sora que supostamente devia estar em casa. O Kasekage como não tinha nenhuma reunião decide organizar um jantar. O Konkoru leva a rapariga que estava a curtir quando a Sora passava e como o Gaara não gostava dela mandava a sua areia atacar a rapariga.

 

Konkoru: Fogo Gaara! Acabaste outra vez com a minha diversão!

Gaara: Mais alguém acabou com a tua diversão?

Konkoru: A Akira!

 

A Sora que tinha chegado do hospital vê a rapariga no chão, fica outra vez mal disposta e vai a correr para a casa de banho vomitar. O Shikamaru vai atrás dela para a casa de banho. A Sora ao o ver na lá fica toda corada e o Shikamaru fica a olhar para ela feito parvo.

 

Shikamaru: Gostas do Neji?

 

A Sora que na primeira vez que ele lhe tinha perguntado ela pensou que tinha sido gostar de amizade, agora percebeu que não era de amizade mas sim de amor.

 

Sora: Não

 

O Shikamaru fica confuso e vai perguntar a Mai e a Akira se a Sora gosta ou não gosta do Neji as duas dizem que não. A Akira ía para dar mais promenores, mas a Mai impede-a empurrando-a:

 

Akira: O que foi isto?

Mai: Deixa-o descobrir por si mesmo.

Akira: Mas isso vai demorar muito tempo, é muito melhor se eu disser já!

Mai: Já está perto de descobrir!

Akira: Tudo bem! Vou procurar gatos no telhado!

Konkoru: Vê lá se não encontras lá ninguem a curtir

 

A Akira ignora-o e vai para o telhado. O Shikamaru já estáva com a Sora a falar com ela. A Mai continuava na sala de jantar com o Kasekage e com o Konkoru. O Gaara foi levar a rapariga para o hospital.

 

 

publicado por Calypso às 15:00
link do post | criticar | ver criticas (3) | favorito
|
Terça-feira, 22 de Junho de 2010

Capitulo V

No dia seguinte, a Sora acorda com os gritos da Mai, foi ter com ela e tenta acorda-la.


Sora: O que aconteceu?

Mai: Tive um pesadelo.


Entretanto a Akira acorda e vai apanhar ar e encontra o Shikamaru a pensar em algo.


Akira: Em que é que estás a pensar?

Shikamaru: Na Sora, em...

Akira: Finalmente! Não era sem tempo, atira-te a ela!

Shikamaru: O quê é que estás para aí a dizer? Eu notei que ela ficou corada quando tu começas-te lá a insinuar coisas, ela gosta de mim não gosta?

Akira: Sim

Shikamaru: Mas eu não gosto dela!

Akira: Tu és mesmo estupido, não vez que ela é perfeita para ti? Agora vou ver se o Konkoru tem cabelo!


A Akira procurou o Konkoru por toda a casa, mas não encontrou em vez disso encontrou a Sora e a Mai e obrigou-as a ir tomar o pequeno almoço fora. Quando lá chegam todas escolhem o que querem comer.


Akira: O quê não há o que eu quero, vamos a outro restaurante!


A Mai que estáva sem paciencia para fitas dá um estalo na Akira. A Akira que não estava para descuções não liga ao mau humor de Mai e ao estalo que levou.


Akira: Ok! Eu quero Pão de alho


Passado um bocada a mulher trouxe nos o pequeno almoço, mas o pao de alho da Akira vinha quase sem alho ela voltou a fazer um escandalo.


Akira: Estou farta desta missão!!


O Shikamaru que estava a prócura delas entra naquele preciso momento e ouve o que Akira disse.


Shikamaru: O que é que está para aí a dizer? Esta missão é de máxima importância, e também não podemos deixar o Kasekage sem protecção.

Akira: Eu não quero saber da missão para nada, o Kasekage pode muito bem defender-se sózinho.


A Akira e o Shikamaru começaram uma discução, a Sora foi à casa de banho e a Mai como estava sem passiencia e não aguentava aquela barulheira, levantou-se sem dizer uma só palavra, pegou no Shikamaru e atirou-o para cima da mesa.

 

Mai: CALEM-SE

 

Todas as pessoas do restaurante calaram-se incluindo a Akira e o Shikamaru e começaram todos a olhar para eles, a Mai sem ligar aos olhares voltou-se a sentar e tentou-se livrar do shikamaru de cima da mesa, a Sora que acabava e sair da casa de banho e vê que está toda a gente em silêncio a olhar para eles. Ela vai ter com eles.

 

Sora: Que é que aconteceu?

 

O Shikamaru explica tudo à Sora, mas ele nem sabia como é que a Mai tinha tanta força numa mão quase desfeita, pois ela usara a mão quse desfeita para o atirar para cima da mesa.

 

No fim do pequeno almoço foram treinar, a Mai ainda não podia treinar, mas como era teimosa treinou na mesma, mas sempre metida nos seus pensamentos.

 

Sora: Estás a ver ela não fala nem para dizer mal de alguma coisa que nós fizemos!!

Akira: Foi por causa do Gaara!!

Sora: Aquela luta pô-la misteriosa e com a mão assim!!

Akira: Estou com fome!!

Sora: Tu estás sempre com fome ultimamente, mas pronto vamos comer! Anda Mai. Anda Shikamaru! Vamos comer.

 

Então foram comer, mas a Mai não lhe apetecia ir comer, então não foi. Quando chegaram ao restaurante deram pela falta da Mai.

 

Entretanto a Mai continuou a treinar. O Gaara aparece e vê-a a treinar.

 

Gaara: Tu podes treinar com a mão assim?

 

A Mai não lhe respondeu.

 

No restaurante a Akira fartou-se de fazer de vela e foi para o telhado prócurar gatos e lá em cima, no telhado encontrava o Konkoru a curtir com uma rapariga qualquer.

 

publicado por Calypso às 22:49
link do post | criticar | ver criticas (3) | favorito
|
Sábado, 19 de Junho de 2010

Capitulo IV

O Konkoru e a Akira foram pela aldeia procurar os seus amigos.


Akira: Sabias que o teu fato é a coisa mais ridicula que alguma vez eu vi.


O Konkoru não ligou. Entretanto começaram a ficar com fome.


Akira: Estou com fome!! Podemos parar?

Konkoru: Estamos quase a chegar a um optimo restaurante!


Caminharam até chegar ao tál optimo restaurante. Quando o viram entraram e procuraram alguma mesa vazia, mas em vez de encontrarem uma mesa vazia encontraram a Sora e o Shikamaru a comerem.


Akira: VOCÊS SABEM O SUSTO QUE NOS PREGARAM, A MAI AGORA ESTÁ NO BOSQUE COM O GAARA A VOÇA PROCURA!!!


O Konkoru agarrou no ombro de Akira com foça.


Konkoru: Calma, o Gaara conhece muito bem o bosque e eles os dois tem muita força.

Akira: MAS A MAI ESTÁ COM A MÃO DESFEITA POR CAUSA DO TEU QUERIDO GAARA ELA NÃO A PODE USAR PARA LUTAR, NÃO PERCEBES ISSO.


O konkoru agarra- a.


Konkoru: Calma miúda!!

Sora: Akira tens um pretendente!!

Akira: QUE NOJO, EU NEM SEI SE ELE TEM CABELO OU NÃO!!!


Entretanto no bosque a Mai e o Gaara prócuravam pela Sora e pelo Shikamaru em silêncio. Algo que estava escondido morde a mão desfeita da Mai.


Mai: AI!!!!!

Gaara: Que aconteceu?

Mai: Alguma coisa modeu a minha mão.


Ele olhou para todos os sitios, mas depois descobriu que tinha sido uma raposa. Ele olha para a mão de Mai que está cheia de sangue, e começou a tirar as ligaduras, mas a Mai percepitou-se e tirou a mão dela por cima das mãos dele.


Gaara: O que aconteceu à tua mão?

Mai: Não te lembras? Foste tu naquela luta do exame Chunnin!

Gaara: Desculpa!!


Continuaram a andar em silêncio pelo bosque à prócura dos seu amigos.


No restaurante a Akira já nao gritava.


Akira: Então as coisas entre ti e o Shikamaru estão a andar, voces gostam um do outro.

 

A Sora ficava toda corada, mas o Shikamaru como não gostava da Sora não ligava. A Sora tentava mudar de assunto. Ele ao ver a Sora vermelha, fica sem saber o que fazer.


Shikamaru: Tenho que ir apanhar ar.

Sora: Onde é que está a Mai?

Akira: Está no bosque à tua procura!

Sora: O QUE? ELA ESTA SOZINHA NO BOSQUE JA PODE ESTAR PERDIDA OU AINDA PIOR ESTAR FERIDA COM A MÃO ASSIM.

Konkoru: O Gaara está com ela!

Sora: Mas a Mai ficou muito perturbada por causa da luta dela contra aquele anormal, até começou a ser silenciosa, e ela odeava o silencio.

Konkoru: Não chames anormal ao meu irmão!

Sora: Tu viste o que o Gaara tinha feito à mão da Mai.

Akira: Decerteza que ela está bem, agora estou com fome!!


Eles não ligaram à Akira e continuaram a discutir.


Akira: EU ESTOU A MORRER DE FOME!!!!!!


O Konkoru que estava farto dos gritos da Akira enfiou pão pela boca dela.


Entretanto o Gaara e a Mai voltavam, a Sora quando me via fazia uma festa. Depois decidiram ir todos jantar.

publicado por Calypso às 11:37
link do post | criticar | ver criticas (1) | favorito
|
Quinta-feira, 17 de Junho de 2010

Capitulo III

O Hokage morre e então há um funeral. Toda a aldeia reune-se nesse funeral, estava toda a gente vestida de preto.


A Akira começou a atirar-se ao Naruto.


Akira: Ficas muito giro de preto

Naruto: Não te abitues de me ver de preto, que é só hoje.


No dia seguinte descobriram que elas as três conseguiram passar no exame chunnin e que o Shikamaru também tinha passado. A Sora quando soube que o Shikamaru também tinha passado fez uma festa.


Passaram dias e as raparigas estavam a treinar, a Mai ainda não podia treinar por causa da mão então passava os dias a ver a Sora e a Akira a treinar e a pensar.


Num desses dias calmos elas foram chamadas para uma missão. Mas a Mai não foi chamada, porque ainda não estava curada. A Sora e a Akira fizeram um escandalo e lá deixaram ir se ela fosse acompanhada por uma enfermeira.


Akira: Já agora a missão é?

Shikamaru: Vamos à aldeia da areia, ajudar a guardar o novo Kasekage, eles perderam muitos ninjas na luta contra a nossa aldeia.

Sora: Mas a nossa aldeia e aldeia da areia ja fizeram as pases?

Shikamaru: Sim


Partiram, então para a aldeia da areia.


Akira: Não me apetece ver o Gaara.

Shikamaru: Porquê?

Sora: Ora Shika olha para a Mai ela ainda não pode treinar e o Lee, ele se calhar nunca mais pode lutar

Akira: Coitados


Chegaram à aldeia da Areia e aí havia algumas pessoas à espera deles e levaram-os para casa do kasekage e mostraram os quartos onde eles iam ficar, deixaram as suas coisas nos seus quartos e foram falar com o kasekage sobre a missao.

Depois de falarem com o kasekage foram dar uma volta pela a aldeia, pelo caminho encontaram a Temari toda contente.


Temari: Desde que o Naruto lutou contra o Gaara e lhe ganhou o Gaara está muito mais simpático.

Sora: Eu continuo a odia-lo.


Continuaram o passeio, mas decidiram conhecer o bosque, também para descobrirem algum sitio onde pudessem treinar enquanto estavam naquela missão. No meio do bosque havia dois caminhos a Sora e o Shikamaru foram pelo da direita e a Mai e a Akira foram pelo o da esquerda, a meio do caminho a Akira e a Mai deram pela falta do Shikamaru e da Sora e começaram a gozar.


Akira: Perdemos o Shikamaru e a Sora!!


A Akira continuava a gritar, mas a Mai continuava calada naquele silêncio misterioso, só sorria deves em quanto. As pessoas que estavam por lá começavam a olhar para elas como se elas fossem doidas.


Aluno 1: Quem é que são estas estericas?

Aluno 2: Acho que são da aldeia da folha e são uma das duas raparigas que passaram no exame Chunnin

Aluno 1: O quê estas estericas passaram no exame eu nao aquerdito.


O Gaara e o Konkoru que estavam a treinar perto dali ouviram aquela algazarra e foram ver o que passava, mas quando chegaram ao lucal onde tinha havido a gritaria já estava socegado entao eles foram perguntar a toda a gente quem e que tinha feito esse barulhao


Rapaz 1: Foram duas raparigas que vieram para ca numa missão.

Gaara: Obrigada, Irmão vai perguntar ao kasekage quem e que vei nessa missao por favor.

KonKoru: Ok


O konkoru vai perguntar ao kasekage o que o Gaara tinha pedido.


No outro local do bosque onde se encontravam a Mai e a Akira, elas já estavam desesperadas.


Akira: Onde é que a Sora e o Shikamaru estão já não os vemos à mais ou menos 3 horas, já e muito.

Mai: Vamos ver se estão em casa do kasekage.


O konkoru tinha chegado ao local onde o Gaara estava a treinar com a resposta a sua pergunta.


Konkoru: Gaara quem está nessa missão são as quatro pessoas que passaram no exame chunnin.

Gaara: Mas quem é que passou nesse exame?

Konkoru: Não sei.


O Gaara que queria saber quem é que estava lá decide ir ele proprio falar com  Kasekage. A meio do caminho ouve uma voz esterica a gritar ola, ele olha para tras e ve a Akira, mas nao ve a Mai, como a Mai também não tinha visto porque estava nos seus pensamentos vai contra ele.


Gaara: Voces e que passaram no exame chinnin?

Akira: Mais o Shikamaru e a Sora, mas nós não sabemos deles e já está quase de noite.

Konkoru: Nós podemos ajudar-vos a encontra-los, eu e tu vamos pela a aldeia e a tua amiga e o Gaara vão pelo bosque.

Akira: Vamos lá, pelo menos não tenho que ir com o Gaara!

 

publicado por Calypso às 13:57
link do post | criticar | ver criticas (1) | favorito
|

.Musica


MusicPlaylistView Profile
Create a MySpace Music Playlist at MixPod.com

.mais sobre mim

.pesquisar

 
I adopted a Naruto chibi! ^.^


.Agosto 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. The bitter taste of reven...

. Voltei/ Prólogo

. Capitulo 2 parte 4

. Capitulo 2 parte 3

. Capitulo 2 parte 2

. Capitulo 2 parte 1

. Capitulo 1 parte 2

. Capitulo 1 parte 1

. Nova fic

. Capitulo 16 (último)

.arquivos

. Agosto 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

blogs SAPO

.Histórias do Serum Maluco